A música pop brasileira é um celeiro de talentos. Felizmente, uma turma muito boa de serviço faz um som alegre, dançante e cantado em português. As referências gringas são respeitadas, mas não são integralmente copiadas. Sendo assim, nada mais justo do que mergulhamos no trabalho de 3 representantes do pop na novíssima música brasileira.

1. Bella Angel – Talento Que Vem de Família

Ela tem 13 anos, mas canta desde os 6! A irmã mais velha da Mc Melody não está à sombra de ninguém é uma estrela de luz própria. Seguindo uma pegada mais pop e menos funk, Bella Angel aposta em um estilo de canto mais harmônico e melódico.

Bella Angel trilha seu caminho rumo ao sucesso (Foto/Internet)

Em suas interpretações, a artista deixa claro que conhece o potencial de sua voz, ou seja, ela não tenta fazer firulas que possam gerar constrangimentos artísticos. É muito bom ouvir um jovem talento, que sabe que a longa estrada do sucesso está apenas começando. Seu single atual é a singela, pueril e dançante “Destino”. Dica: nem tente não memorizar o refrão da música.

2. Gaby Littre – Caldeirão de Referências 

O eclético gosto musical de Gaby Littré faz com que o trabalho dela receba uma interessante injeção de influências. O som dela transita pela universalidade de Caetano Veloso, passa pelos agudos inconfundíveis de Mariah Carey e descansa no pop do Maroon Five. A carreira de Gaby já acontece há um tempinho, mas ganhou contornos extremamente profissionais em 2018. Entre outras peripécias, ela fez um feat. maravilhoso com o MC Zaac, um dos destaques da nova safra do funk nacional.

Mc Zaac e Gaby, um feat. que a gente realmente respeita (Foto/Instagram)

Atualmente, a artista mostra o mais romântico de seu trabalho. Enquanto prepara novidades, ela trabalha na divulgação do single “É Só Meu Beijar”, uma bela canção para mandar pro crush.

3. Anna Beneli – O lado folk da coisa

Diretamente da bela Caldas Novas, cidade turística de Goiás, Anna Beneli também é destaque fazendo covers. Apostando no formato voz/violão, Anna já releu sucessos dos mais variados segmentos do pop rock.

Anna Beneli faz um pop suave (Foto/Facebook)

Ciente de seu imento talento, a artista também privilegia seu trabalho autoral. Em 2018, ela lançou quatro canções, incluindo o sigle “Soulmate”. As músicas são emolduradas por um arranjo acústico e revelam a face mais doce e suave da música pop.

E se você quiser acompanhar mais de perto o pop na novíssima música brasileira, se ligue nas playlists “Mix pop”, “Festa Pop” e “Mulheres do pop”. Nossa equipe preparou tudo com muito carinho pra você!