De romance e música boa, todo mundo gosta! Por essa e outras, nada mais juto do que unirmos essas duas coisas boas da vida em um post! Prepare o coração, os ouvidos, a mente, e mergulhe fundo em um oceano de canções românticas!

Wesley Cruz- O romântico do R&B

O paranaense Wesley Cruz é cantor, compositor e produtor musical. Bebendo na fonte de gigantes do pop, como Chris Bronw, Ne-Yo, Boyz II Men, Brian McKnight e Rihanna, Wesley faz um R&B que é mais romântico e menos dançante.

Wesley Cruz e seu R&B romântico (Foto/Facebook)

Por mais que não invista em músicas que inspirem coreografias, passos de danças, etc e tal, o som dele é polido e de muito bom gosto. A verdade que ele exprime nas letras de suas canções, sobretudo nas faixas “Se Você Voltar” e “Cicatrizes”, é um fundamento que serve de referência para a novíssima música brasileira.

Diego Ravy – Sofrência made in Bahia

Um romantismo doído também tem seu lugar, né não? E disso tudo, o baiano Diego Ravy entende muto bem! Se você quiser experimentar uma sofrência arretada, ouça as músicas “Vai me Perdoando”, “Carência” e “Coração Deu PT”. O Diego é aquele tipo de artista que mostra que o axé e a MPB não são as únicas engrenagens que movimentam a imensa pluralidade da música feita na Bahia.

Shat – Romance além de “S2”

Representante do novo hip hop brasileiro, Shat está entre os rappers que rimam sobre questões que vão além da crítica social. Como não poderia ser diferente, um dos assuntos que o cara trata em suas músicas é o romance.

Shat prova que o rap também é lugar de música romântica (Foto/Facebook)

Mas não o romance das paixões “cruéis e desenfreadas”, como poetizou Cazuza! O lance do Shat é o romantismo que lida com situações reflexivas e contemplativas da vida.

E se você quer continuar navegando nas mil e uma formas de música romântica, não deixe de dar uma espiadinha nas playlists que preparamos pra você! Tem canções para quem quer “Momento Romântico”, para quem quer ficar “Agarradinho com Alguém” e, sobretudo, para você que tá com “Coração Apaixonado”.