O que os artistas do Norte estão produzindo? Se você adora sair da zona de conforto musical, com certeza gosta de conhecer sonoridades de diferentes locais, certo? Então, vamos lá!

Antes de tudo, vale lembrar que a cultura do Norte é riquíssima, vide as festas famosas como do Boi Garantido e Caprichoso. Além disso, a culinária regional, o artesanato, as lendas e as danças fizeram do norte um berço de referências e de novos talentos. 

Dessa maneira, além de conhecer um som novo, você entra em contato com novas histórias e inspirações, renovando seu repertório. Então, separe o fone, aumente o volume e mergulhe com a gente nessas novidades!

5 artistas do Norte para conhecer e se tornar fã

Primeiramente, separamos cinco artistas do Norte do Brasil para você conhecer mais sobre. Se liga só em quem integra a nossa lista:

  • Loham 
  • Ryan Vasquez
  • Ixã
  • Ana Lu
  • Marcia Novo

A seguir, confira um pouco mais sobre a formação de cada um deles, estilos musicais e elementos abraçados em cada um dos trabalhos. Vamos lá?

1. Loham

A princípio, Loham  é um cantor e compositor amapaense que trilha os caminhos da música desde 2019, lançando seu primeiro single em 2020. A música “Igarapé Elétrico”, homônima do álbum, possui mais de 13 mil reproduções no Palco e tem uma sonoridade peculiar. Assim, a canção mistura sonoridade típica da região e uma guitarra marcante, em um resultado alegre e dançante. 

Atualmente, o cantor vive em Goiânia e aposta em seu segundo álbum, Ponte Palafita, com canções autorais com elementos amazônicos e da MPB. A obra visa celebrar a cultura brasileira sob o olhar da Amazônia, homenageando povos originários e provocando os olhares colonizados. 

2. Ryan Vasquez

Gregório Rafael Vasquez Azacón é mais conhecido como Ryan Vasquez,  cantor e compositor nascido em Barcelona, na Venezuela. Desde pequeno, ele fazia composições e se aventurou como rapper, devido suas influências de hip-hop. 

Ao chegar no Brasil, ele se apresentava pelas ruas e próximo a centros culturais, evoluindo para apresentações em casas de shows. Tempos depois, ele venceu as fronteiras, passou a cantar em português e foi o artista revelação na cidade, lançando 10 músicas em 2020. Atualmente, ele mora na cidade de Humaitá e faz parto do movimento Fita Extinta, que foca na cultura urbana. 

3. Ixã

Hugo Gabriel Messias Pantoja assumiu o nome artístico de Ixã e apostou em sua carreira como músico independente em Porto Velho, Rondônia. Ainda criança, começou a cantar, tocar violão e compor suas canções, participando mais tarde de festivais de música em outras cidades. Assim, as suas músicas refletem sua vivência, com temática jovem e romântica, misturando romantismo com experimentações atuais. 

Recentemente, ele ganhou projeção nacional devido à sua parceria com Alok, na canção Meu Amor, uma de suas composições. Na canção, Ixã interpreta seus versos junto ao DJ, intercalado com cenas de um casal mais idoso representando as vivências do amor. O videoclipe já atingiu mais de 3 milhões de visualizações.

Além de Alok, a cantora Kim Rubia também gravou uma de suas faixas, tornando Réu parte do álbum Blend. 

4. Ana Lu

A cantora e compositora roraimense Ana Lu é a principal representante feminina do reggae em toda a Região Norte. Apesar de ainda jovem, ela já lançou singles, feats, álbuns e EP’s. Assim, sua história está em uma websérie chamada Onde Nascem Os Sonhos, produzida e editada por ela mesma. 

Como resultado de sua trajetória e paixão por Charlie Brown Jr,  seu último single, Hoje Eu Agradeci, foi produzida no Electro Sound Studio, por André Freitas. O produtor divide a sociedade do estúdio junto com Marcão – guitarrista do CBJR, e tem participação do ex-baterista da banda André “Pinguim” Ruas.

Assim, a canção tem como temática a fé, o incentivo a confiar em si e escolher o caminho do bem, de acordo com a atmosfera escolhida por Ana Lu. Seu repertório mistura, além de reggae, pop, hip-hop e música latina. Nesse sentido, ela também compõe em espanhol e inglês, como forma de romper as fronteiras e expandir o espaço da mulher na música.

5. Márcia Novo

Intercalando tribalismo indígena do Boi-bumbá com o tropicalismo do brega e ritmos caribenhos, Marcia Novo inova o cenário musical. Assim, com shows em Manaus e São Paulo, ela já aliou suas canções a festivais sociais que promovem saúde, bem-estar, esportes e ações de limpeza. 

Como resultado da sonoridade inédita e uma visão de mundo mais sustentável, Márcia acumula 17 anos de carreira. Assim, a faixa Subindo Pelas Paredes se tornou hit regional, foi lançada pela Billboard e veiculada pelo canal Bis, acumulando mais de 50 mil visualizações.

Descubra mais artistas pelo Brasil!

Agora que você já sabe sobre os artistas do Norte, pode aproveitar as indicações e ouvir quantas vezes você quiser! 

Além disso, continue explorando os ritmos junto conosco, direto na série Palcos do Brasil, que indica artistas de cada estado. Assim, você aumenta seu repertório, conhece mais lugares do país e mantém sua rotina embalada com muita música. 

Não é incrível? Esperamos você!