Hoje é Dia do Sertanejo e nada melhor do que saber um pouco mais sobre o estilo para comemorar esse dia, não é mesmo? Além disso, é interessante vermos o quanto as primeiras gerações influenciam os novos artistas que têm feito a cabeça do público. 

Assim, do sertanejo raiz ao universitário, muita coisa mudou. Não apenas no ritmo e estilo dos artistas, mas os temas das letras se transformaram de acordo com o gosto do público. Mas a sofrência, essa continua!

Da mesma maneira, o sertanejo também revolucionou a indústria brasileira e foi um dos ritmos mais ouvidos nos últimos anos. Mas, esse sucesso é resultado de um trabalho construído desde 2011, quando artistas como Luan Santana despontavam nas rádios. 

Então, separa o seu chapéu, aumenta o volume e vem com a gente!

Dia do Sertanejo: relembre a história desse gênero musical

Antes de tudo, o dia 3 de Maio é escolhido para homenagear a tradição e origem da música sertaneja. E, podemos afirmar que, de um jeito ou de outro, o sertanejo sempre esteve presente em nossas vidas. Nesse sentido, as modas de viola já eram comuns entre os portugueses durante suas reuniões. Logo, eles trouxeram o instrumento e costume para o Brasil, utilizando nas festas e celebrações religiosas. Como resultado disso, data-se que as canções classificadas como sertanejo mesmo são de 1929. Você imaginava isso? 

A princípio, ele retratava os costumes da vida do interior e sua paixão pelo campo. Depois disso, aos poucos temas de cunho social começaram a aparecer nas letras, assim como os primeiros cantores de sucesso. Aqui, podemos listar duplas de peso como Tonico e Tinoco, Vieira e Vieirinha e Raul Torres e Florêncio

Mais tarde, o gênero evoluiu e recebeu a inclusão de outros instrumentos, como a gaita, o acordeão, violino, trompete e até a harpa. Assim, algumas duplas exemplificam bem essa modernização, como Milionário e José Rico, as irmãs Galvão e Cascatinha e Inhana

Mas a modernidade não parou por aí. Assim como o pop, o sertanejo também recebeu influências americanas e incorporou o estilo country, com a guitarra elétrica. Assim, foi nos anos 70 as canções começaram a se parecer com o que conhecemos hoje. 

Do amor pelo campo ao amor romântico, o sertanejo atingiu novos patamares e foi sucesso absoluto nas rádios e na TV. Ou seja, duplas como Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo e demais duplas, participantes dos Amigos ou não, dispensam apresentações até hoje. 

Um novo sertanejo

Anos mais tarde, o estilo de vida das pessoas mudou e, claro, a música refletiu isso em ritmo e versos, dando origem ao sertanejo universitário. Em outras palavras, o espírito urbano e festeiro assumiu a nova vertente, revelando nomes como Luan Santana e Cristiano Araújo. Isso quer dizer que começava o fim das duplas? Não! A presença de artistas como Jorge & Mateus, Fernando e Sorocaba, por exemplo, ainda seguem fortes. 

Agora, além de duplas e cantores solo, o sertanejo aceitou mais ritmos, como o funk, pagode e pop, agradando à audiência. Nesse sentido, o sertanejo segue refletindo a sociedade em todos os seus ritmos e temas!

Além do sertanejo universitário, é inegável falar da força do feminejo, que sempre contará com a presença de Marília Mendonça. Juntamente à rainha da sofrência, estão as coleguinhas Simone e Simaria e Maiara e Maraísa. 

5 artistas para comemorar o dia do sertanejo

Da mesma forma como em outros ritmos, o sertanejo também possui artistas independentes que movimentam o segmento, mantendo o ritmo vivo. Vem com a gente conhecer um pouco mais sobre eles?

1 – Zé Ricardo e Thiago

Nascidos em Goiânia, a dupla Zé Ricardo e Thiago se conheceram desde criança e sempre tiveram a música como ligação. Assim, lançaram a dupla em 2009 e percorreram o interior do Estado de Goiás. Após anos de estrada, eles já colecionam singles com grandes nomes da música, como Zé Neto & Cristiano, Maiara & Maraisa e César Menotti & Fabiano

Seu último single, Cerveja É Melhor Que Você, conta com a participação de Jorge (da dupla Jorge e Mateus). Como resultado disso, o clipe já conta com mais de 940 mil visualizações em apenas cinco dias. 

2 – Bruno e Barretto

A dupla nasceu em 2014 na cidade de Londrina, quando foram apresentados por amigos devido aos seus gostos em comum. Desde então, Bruno e Barretto têm trilhado o caminho do sertanejo juntos. 

Assim, com repertório próprio, já apostaram em hits com o Dennis DJ para alegrar o público. Agora, com o último lançamento Sextou Bonito, eles já alcançaram mais de 8 milhões de visualizações nas plataformas de streaming. Hoje não é sexta, mas você pode ouvir esse hit para já entrar no clima!

3 – Rafa e Junior

A dupla Rafa e Junior já possuem diversas canções próprias e parcerias com Cleber e Cauan. Além disso, eles ocupam o 3º lugar no estilo Sertanejo em Campo Grande, além da 5ª posição geral na mesma cidade. No ranking mensal aqui do Palco, o 5º lugar de Top Artista – MS é deles, devido ao novo single Conspirou. Confere só: 

4 – Bruno e Breno

Inspirada em todos os artistas que citamos neste dia do sertanejo, a dupla Bruno & Breno surgiu no interior de São Paulo para ganhar o Brasil. Assim, lançaram em 2021 seu primeiro DVD nos estúdios da FS Produções, da dupla Fernando & Sorocaba

Com o single Conto De Fadas, eles mostram sua desenvoltura na composição, olha só:

5 – Gabriel Cachorrera

Misturando irreverência e talento, Gabriel Cachorrera é um cantor de sertanejo e forró. Dentre suas composições, estão faixas com participações especiais de MC Bin Laden e do cantor Anderson Leonardo do grupo Molejo. Confere só o seu último lançamento, Chifre Trocado

O sertanejo sempre vivo!

Agora que você sabe mais sobre o estilo e conferiu novos artistas para celebrar o dia do sertanejo, que tal continuar acompanhando as novidades conosco? Aqui no Palco MP3 selecionamos indicações em nossos destaques para você ficar sempre por dentro das tendências. É só dar o play e curtir!