No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Por mais que as mulheres mereçam ser tratadas com igualdade e respeito diariamente, nem sempre é o que acontece. Logo, a data tem duas funções. Serve tanto para relembrar as lutas sociais que envolvem o tema, como para homenagear o que foi conquistado com muita garra.

Lado a lado, independente se você se identifica como mulher, como homem ou com nenhum dos gêneros, pode sim apoiar a causa. Isso porque lutar contra o machismo e a misoginia precisa do apoio e da participação de todos para vencermos. E são nas pequenas atitudes que fazemos a diferença.

Por exemplo, ouvir e apoiar uma cantora independente. Acompanhar as garotas no cenário brasileiro. Votar nelas em premiações musicais e por aí vai. Pensando nisso, preparamos uma lista com 5 playlists com mulheres inesquecíveis. Esperamos que você goste!

Como surgiu o Dia Internacional da Mulher?

Acredite, antes de ser comemorado no dia 8 de março, desde 1789, os Estados Unidos já celebravam a data no dia 28 de fevereiro. Segundo alguns registros históricos, o Dia Internacional da Mulher era uma forma de protestar contra as desigualdades no mercado de trabalho. 

Em outras palavras, insalubridade, carga-horária abusiva, assédio físico e moral, salários impraticáveis e diferentes abusos que as trabalhadoras sofriam somente por serem mulheres. Em 1910 aconteceu a primeira conferência sobre o tema em Compenhague, na Dinamarca. Logo após, em 1911, mais uma conferência com milhares de pessoas reunidas.

Foi no mesmo ano que aconteceu o incêndio na fábrica. Incêndio ao qual não só matou mais de 146 mulheres nos Estados Unidos, como deixou claro a necessidade de mudanças urgentes. Foi, também, a partir desse acontecimento que o Dia Internacional da Mulher se tornou uma data oficial no calendário.

Playlists de mulheres no Palco MP3

Existem várias formas de celebrar o Dia Internacional da Mulher. Para nós, da equipe Palco MP3, uma das melhores é empoderando e dando visibilidade a mulheres independentes. Fato é, ser mulher já não é fácil. Ser mulher e cantora independente em um mercado competitivo pode ser ainda mais complicado.

Por isso, vemos na curadoria uma forma de facilitar essa jornada e dar o nosso apoio. Em síntese, separamos 5 playlists, de diferentes estilos com cantoras dos mais variados tamanhos. Confira a seguir e aproveite!

Mulheres no Pop

dia internacional da mulher: playlist mulheres do pop
Vem ouvir as rainhas e divas do pop independente!

As rainhas e divas do pop deixam claro que as mulheres comandam o estilo. Das grandes compositoras a outras não tão conhecidas, é um gênero incrível, com oportunidades. Ora para quem está começando, ora para quem já tem experiência no mercado.

Na playlist do Palco, Mulheres no Pop, não é diferente. São 50 composições, totalizando 2h30 com músicas incríveis de cantoras independentes. Lá tem desde a Amanda Brito, mato grossense que entrega músicas empoderadas, a Laly, cantora baiana que já surpreende pelo seu talento.

Mulheres do Arrocha

playlist mulheres do arrocha
O arrocha dessas mulheres é coisa boa. Vem conferir!

As Mulheres do Arrocha reúne 30 nomes que são promessas no cenário musical. “Viva Voz”, de Lauana Prado, recebe uma versão na voz de As Patroas da Sofrência. Já são mais de 100 mil plays somente aqui no Palco e 500 mil plays em números gerais.

Mas você pode ouvir, também, “12 Taty Pink Casa Mobiliada“, que fala dos sonhos vividos em um belo amor. A cantora de Arrocha, Taty Pink, do Pará, tem mais de 200 músicas lançadas e quase 1,5 milhões de plays.

Outra música que chama atenção é a “Me Bloqueia”, da Deisy Santiago. A canção fala daqueles amores que começam de modo repentino, mas acabam não sendo correspondidos.

Mulheres da MPB

dia internacional da mulher: playlist mulheres da MPB
Opção aqui não falta. Confere essa seleção de mulheres incríveis!

A playlist Mulheres da MPB é a nossa maior playlist em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. São cerca de 80 músicas, totalizando mais de 4 horas e 40 minutos de som. De “Eu Sou Brasileira“, de Bárbara Beats falando sobre as dificuldades de nascer no nosso país a “Calma”, de Daniela Souza, opções não faltam.

Buscamos trazer desde as músicas mais animadas a outras mais suaves para trazer variedade a nossa lista.

Mulheres do Rock

dia internacional da mulher: playlist mulheres do rock
Rock And Roll de qualidade! Vem conferir o som dessas mulheres maravilhosas.

Por mais que o Rock não seja um ritmo de origem brasileira, não faltam talentos na nossa playlist. Mulheres do Rock reúne 30 composições de cantoras independentes do país verde amarelo, totalizando 1 hora e 50 minutos de música.

Um dos títulos sucesso da nossa lista é “Olhos Vermelhos“, de Luiza Oliveira. A cantora mineira de pop rock tem quase 250 mil plays no Palco e mais de 900 mil visualizações totais no YouTube.

Mulheres no Rap

dia internacional da mulher: playlist mulheres do rap
Hip hop é lugar de mulher, sim! Confere essa seleção de peso.

Por fim, a nossa última playlist é Mulheres no Rap. São 40 músicas, totalizando 2 horas e 3 minutos de som, que mostram que mulheres podem sim cantar rap e hip hop. E o melhor, cantar muito bem e com muito talento.

Enquanto “Avante”, parceria da Lyn Rodrigues com Nolts MC e Deck B fala sobre os desafios da vida, “Aquecer”, de Leomara, fala como é o processo de aquecer para cantar uma música.

Ao longo deste artigo, falamos sobre como surgiu o Dia Internacional da Mulher e todos os desafios vividos por quem se identifica com o gênero. Além disso, como forma de homenagear a data, trouxemos, também, 5 playlists de cantoras independentes que valem a pena conhecer.

E aí, o que achou do conteúdo? Acesse cada uma das playlists e dê uma chance a cada um desses talentos!