Ele é músico, cantor e compositor. Bastante polivalente, o baiano Kayky Ventura é um expoente da novíssima música brasileira. Ciente dos passos que segue, ele faz de seu trabalho um excelente modelo de gestão artística.

Mas você já parou pra pensar nas dicas profissionais que esse cara tão talentoso anda espalhando por aí? No texto de hoje, o papo vai girar em torno de 5 lições bem bacanas que a carreira de Kayky tem para ensinar.

Continue por aqui, e se ligue no recado 😉

1. Lançamento de música em data estratégica

Kayky lançou o clipe de Que Falsa numa data estratégica, 31 de janeiro. Este dia foi interessante por dois motivos:

  1. Muitas faixas foram lançadas no começo do mês e, como o mercado é efêmero, elas já perderam um pouco da força nas playlists
  2. Que Falsa chega num momento oportuno para estar mais “fresca” na mente do público durante o carnaval, bem como para ter fôlego para ser hit do verão.

Antes de planejar um lançamento, lembre-se que nem sempre quem larga na frente vence a corrida 😉

2. Buscar conceitos inovadores

Num momento em que boa parte dos clipes candidatos a hits do verão apostam em praia, pegação, carrões, festas e baladas, Kayky optou por seguir na direção contrária. Para o vídeo de Que Falsa, o artista é conduzido pela batuta conceitual de Mateus Rigola. Em cena, o artista surge em plano único, soltando a voz e a inspiração ao microfone. Além das tomadas com o cantor, a produção também conta com a interação de um corpo de ballet coreografado, luzes diretas e mudança de cor.

Ao longo da música, as bailarinas, que representam diferentes personalidades, entram em cena junto ao cantor, com performances individuais, luzes e cores também diferenciadas, marcando o clima de cada parte da música e dando o tom da letra e sensualidade do novo hit. Dê o play e confira o resultado:

3. Música certa, nas vozes ideais

Leve suas memórias até o comecinho de . Lembou qual foi a música mais marcante daquele momento? Se os versos “esquece ele e fica loka, loka, loka” brotaram aí na sua mente, saiba que seu conhecimento musical está 100% em dia.

Compositor Kayky Ventura e as irmãs Simone e Simaria

Kayky e As Coelguinhas celebram o sucesso da faixa Loka (Foto/Internet)

Mas o que faixa que uniu os talentos de Simone & Simaria com os de Anitta têm a ver com Kayky? Bem simples: ele é “só” um dos autores da letra. Graças ao seu bom trabalho de network, o artista baiano fez com que a música chegasse nas artistas mais ideais possíveis. Ah! Adivinha só quem é um dos autores da música Ta Tum Tum, sucesso na voz do Kevinho? Se você pensou no compositor de Loka… sua resposta está certa 😉

4. Outras formas de lucrar com música

Nem só de shows e vendas de músicas vivem a arrecadação de um artista. Um dos mercados mais interessantes é do das trilhas. Já pensou, por exemplo, em emplacar um hit num filme ou numa novela?

Recentemente, Kayky estreou na trilha sonora da série original do Netflix, Go! Viva do Seu Jeito!, ao lado da cantora argentina Crash, com a faixa SAIA, que faz parte do episódio final da terceira temporada da trama teen, A Festa Inesquecível. Além de se envolver com a gigante dos filmes online, o artista brasileiro começou a abrir as portas para entrar no mercado espanhol da música.

Kayky Ventura canta sob a luz de um fundo azul

Kayky Ventura é um artista visionário (Foto/Facebook)

Agora, pensa comigo: Kayky coloca seu talento em contato com um público diferente, fatura uma graninha com direitos autorais e ainda parte para experiências interacionais. Mais um gol de placa desse bom baiano, hein?

5. Fazer parceria com as pessoas certas

“Diga-me com que andas”, e eu te direi quais são as chances do seu rolê dar bom 😎 Dito isso, veja como Kayky trabalha as parcerias dele de forme inteligente: ele é um cara que tem estilo próprio, personalidade marcante e descolada, e segue uma musicalidade que transita entre black e música romântica.

Com o produtor Umberto Tavares, o versátil Kayky e fez o hit Saudade da Gente, que tem quase 500 mil views no YouTube. Ah! Antes que eu me esqueça, o Tavares é o cara responsável por hits de Anitta, Ludmilla e de mais uma pá de gente talentosa.

Kayky e MC PK sentados num sofá

Na música Vrau e Tchau, o pop de Kayky encontrou o rap de PK (Foto/Facebook)

A parceria com o rapper PK rendeu no hit Vrau e Tchau, que já bateu mais de 1 milhão de streams no Spotify. Com a cantora, compositora e coreógrafa Lorena Simpson, o artista fez a Nós Dois, que também chegou na casa 500 mil views.

É preciso ter bastante critério na hora de escolher uma parceria musical. Além de questões que envolvem afinidade [não tem como criar uma obra com quem a gente não gosta, concorda], o artista precisa pensar no estilo musical e nos rumos artísticos que o parceiro segue. Se você toca rock, por exemplo, dificilmente terá química musical com alguém que do brega-funk que você possa curtir.

Mais dicas de gerenciamento de carreira artística

Agora é só você fazer suas reflexões e tirar suas próprias conclusões. Lembre-se que um artista promissor, igual é o Kayky, sempre apresenta boas lições.

Kayky lança o hit Que Falsa

Clique na imagem para conferir a letra e ouvir a música Que Falsa, novo hit de Kayky (Divulgação)

E já que o papo aqui é sobre dicas de carreira, não deixe de dar uma conferida nos outros posts da coluna Dicas de Carreira. Que tal, por exemplo, turbinar a sua inspiração para compor novas músicas? Ah, por aqui também você fica ligado nos erros que um artista independente não pode cometer.

E não se esqueça de compartilhar o link deste post nas suas redes sociais e grupos de WhatsApp voltados para carreira artística.