Sempre que a indústria fonográfica dá uma guinada, nós somos agraciados com novas formas de consumir e divulgar música. Na era das redes sociais e plataformas de streaming, as lives exercem um papel mais do que importante. Além de espalhar o som nos modernos meios de comunicação, essa ferramenta faz uma aproximação entre fã e artista.

Em tempos de coronavírus, todos devemos ficar em casa. Neste contexto, um show no aconchego do seu lar é uma ótima pedida! Afinal de contas, a música traz alento e o público sempre quer curtir o trabalho de seus artistas favoritos.

Acontece, porém, que alguns detalhes podem te ajudar a tirar o melhor proveito de uma apresentação remota. Por essas e outras, cá estou para te aplicar 7 dicas que vão melhorar os shows que você faz em casa.

1. Não é um show convencional

No show convencional, você faz o som no palco e o público consome na plateia. Por mais que hajam improvisos, as apresentações tendem a seguir um roteiro programado. Afinal de contas, não é legal conversar muito e tocar pouco, concorda?

Já no streaming ao vivo, o rolê e mais light. Procure enxergar a situação como “uma conversa entre amigos, porém, regada à música. Faz-se necessário, então, ter mais interatividade com quem está assistindo. Portanto, fique relax e procure equilibrar diálogos com as músicas.

Por mais paradoxal que pareça, uma live te deixa mais “próximo” de quem está curtindo o som.

2. Escolha do cenário

Por mais que seja um “show em casa”, o trabalho é apresentado para o seu público. Sendo assim, “arme o palco” no lugar mais iluminado, clean e arejado do seu lar. Sentar na cama desarrumada, em meio a escuridão do seu quarto, e tocar algumas músicas, fatalmente deixará uma impressão amadora e enfadonha.

Sala de estar com sofá, guitarrae notebook

Faça sua live em um ambiente cnfortável ára você e para o público (Foto/Pexels)

Confie em mim: o cenário cheio de informações visuais, inevitavelmente, fará com que o seu fã tenha muita dificuldade de prestar atenção na sua performance.

3. Cuide da divulgação

Começar uma transmissão repetina, nem sempre gera bons resultados, pois, não há como prever a quantidade de pessoas online. Por isso, divulgue a live com certa antecedência! Assim os fãs podem separar aquele horário para interagir com você. E não se esqueça de compartilhe o link da live nas suas redes sociais

4. Interaja com os fãs

Depois de dar o play na live e de saudar os expectadores, toque um trecho de uma música. Assim que terminar o refrão, pare de tocar e troque uma ideia com a galera. Incentive o envio de perguntas e pedidos 😉 Ah! Não se esqueça de reforçar a sua alegria de estar ali, diante da câmera, fazendo um som para esse público tão lindo.

Importantíssimo I: sempre que interagir com alguém que tá curtindo a live, mencione a “@” da pessoa.

Importantíssimo II: além tocar as músicas, mantenha uma conversa informal com o público. Conte casos pessoais, revele detalhes por trás das músicas e fale um poucuqinho do dia a dia aí na sua casa.

5. Esteja preparado para surpreender

É importante ter umas “cartas na manga”. Esteja preparado, por exemplo, para atender a pedidos musicais inusitados, como “dar palinha de uma canção que você gosta” ou até mesmo mostrar um trechinho de um single ainda inédito.

Músico se diverte com objeots relacionados à música

Esteja pronto para mostrar coisas diferentes na sua live (Foto/Pexels)

Outra dica legal é mostrar algo que você não faça parte do seu show. Se em casa você toca violino ou piano, não tenha medo de apresentar esses diferenciais!

6. Organização

Mesmo tocando na sala de sua casa, seja profissional. Deixe os instrumentos musicais e equipamentos preciamente organizados. Se a corda do violão quebrar, por exemplo, não vai ser legal ter que “pedir licença” no meio da live para ir buscar outro instrumento.

7. Gerencie o tempo

Divida bem o tempo: a live deve durar entre 40 minutos e 1 hora. Por isso, responda as perguntas que serão enviadas em blocos (e não todas de uma vez), misture as perguntas com interações nos comentários, cante suas músicas, conte coisas legais da carreira, fale sobre a agenda de shows e próximos lançamentos, etc. A live é um ótima oportunidade para divulgar o trabalho.

Não comecer a tocar assim que der o play na live. É importante aguardar a chegada da galera. Espere entre 5 e 10 minutos para fazer o som. Enquanto o pessoal não chega, peça no vídeo pra todo mundo compartilhar o link, dar like e chamar os amigos para assistir 😉

Mais dicas para sua carreira

E já que o papo aqui é sobre dicas de carreira, não deixe de dar uma conferida nos outros posts da coluna Dicas de Carreira. Que tal, por exemplo, turbinar a sua inspiração para compor novas músicas? Ah, por aqui também você fica ligado nos erros que um artista independente não pode cometer.

E não se esqueça de compartilhar o link deste post nas suas redes sociais e grupos de WhatsApp voltados para carreira artística.