Como diria a banda mineira Enversos na dançante “Baile Black”: “Viva a cultura pele preta”. Então, em novembro, mês da consciência negra, vamos celebrar mais do que nunca a cultura matriz. Além da celebração, a data é também momento de reflexão e atitude contra o racismo e a desigualdade social (que devem ser abordados durante todo o ano).

Artistas Festival Vozes Afro Palco MP3

Pensando em abraçar a diversidade da “cultura pele preta”, o Palco MP3 reúne seis artistas incríveis da nova música independente brasileira no Festival Vozes Afro. Então, anota aí: dia 18 de novembro, a partir das 19h, direto do canal do Palco MP3 você irá dançar e cantar bastante. Curtiu? Pois bem, sem mais conversa, conheça as potentes vozes afro do nosso festival!

Enversos

A banda Enversos nasceu em 2015. De lá pra cá, o grupo dá voz a temas importantes, mas deixados de lado por parte do mainstream musical, como a desigualdade social. Atualmente formada por Juliana Shiutz (voz), Gustavo Vaz (Violão e Voz), Davi Knispel (baixo), José Morais (guitarra), Luiz Heitor (percussão e guitarra) e Almin Bah (percussão), a Enversos faz aquele som funkeado, repleto de influcências sonoras do jazz, do samba, da black music e do rap.

Ao comando de Jô, você vai ter que jogar! Esse soteropolitano arretado traz como referências o grande Gilberto Gil e o pop inebriante de Iza. Agora, quando o assunto é música e visual, Jô mira direto na rainha do pop: Madonna. E é por meio dela que se inspira para criar conceitos estéticos para suas produções sonoras. Instigante, né? então confere “Comando”, o mais recente trabalho do artista pra você entender o que estou dizendo.

Negra Jaque

Pensa numa mulher antenada às causas sociais! Essa é Negra Jaque. Rapper, letrista, professora, pedagoga e educadora popular, Jaque atua ativamente pelas causas negra e feminista. Basta dar um confere nas letras dos seus sons para captar as mensagens mais que necessárias da artista. Então, pra começar, a primeira recomendação é “Cabelo Crespo”, um manifesto de fortalecimento da identidade negra pelas raízes. Se liga:

Ninho Clave

Com certeza não pode faltar aquele pagodinho no Festival Vozes Afro! E quem traz a mistura do pandeiro com cavaquinho é o catarinense Ninho Clave. Direto de Itajaí (SC), o artista iniciou sua jornada profissionalmente aos 16 anos tocando em grupos locais. Mas não se engane, Ninho é eclético e, como todo artista independente gabaritado, é multi-instrumentista e tem um pé na produção musical — ei, ele aprendeu tudo sozinho! Chique demais, não é mesmo? Então bora acionar o alarme pras 19h do dia 18h pra curtir as melhores do álbum “Caminho do Sol”.

Roberto Kuelho

O dendê da Bahia tem nome: Roberto Kuelho! Compositor de diversos hits gravados nas vozes de Harmonia do Samba, Saia Rodada, Psirico, Terra Samba, É O Tchan e outros artistas desse nosso Brasil, Kuelho é experiente no quintal da música. Afinal, estar a frente de uma banda por 12 anos não é pra qualquer um… Mas Kuelho agitou com louvor o comando da banda Xêro Mole por esse período. Hoje, o artista se dedica à carreira solo fazendo seu pop com dendê e pitadas de reggaeton. Te convido a provar essa delícia e tá liberado repetir!

Tinna Rios

A música com a missão de educar e empoderar pessoas pretas é a bússola de Tinna Rios. Nascida em São Paulo, a artista iniciou sua carreira no coral da igreja que frequentava durante a adolescência. Posteriormente, no meio secular, Tinna fazia backing vocal para grupos de rap, mas foram os covers que a tornaram conhecida nas redes sociais. Desde 2017, a cantora une música e informação para transformar vidas ao cantar sobre temas atuais e relevantes, como empoderamento feminino e ancestralidade negra. Sinta a letra forte de “Quem Empoderou Os Pretos”:

Playlist Festival Vozes Afro

Se você ainda não conhece os artistas do festival, aproveite a playlist oficial do evento para aprender as músicas e cantar com tudo na hora do show! A equipe de curadoria do Palco MP3 fez essa seleção certeira para você curtir as vozes afro da música independente.

Ative o lembrete no YouTube para o Festival Vozes Afro e espalhe o link dos shows pelas redes. Ah, não se esqueça de marcar @palcomp3 nos seus stories, pois vamos repostar aqueles que tenham a energia lá em cima!

Festival Vozes Afro Palco MP3

Quinta, 18 de novembro
A partir das 19h
No canal do Palco MP3

Festival Vozes Afro Palco MP3: conheça o line-up