Se você já viveu a experiência de buscar informações sobre festivais no Brasil, certamente percebeu que não é uma tarefa fácil. Muitas vezes, o evento não tem um bom site oficial e as informações ficam “soltas e espalhadas” nas redes sociais. Este foi o gancho para que surgisse o Mapa dos Festivais, um buscador de festivais de música, no qual estão reunidas todas as informações relativas a eventos de norte a sul do país, desde o mais independente, passando por festivais de sertanejo, de música gospel, música eletrônica e chegando aos clássicos Lollapalooza e Rock in Rio.

Além disso, o projeto visa promover o que chama de turismo de festival. “Queremos que as pessoas viajem o Brasil e vivam novas experiências a partir dos festivais de música”, diz Juli Baldi, diretora criativa que está a frente do projeto ao lado de Rafael Achutti. “Sentimos falta de um espaço que reúna todas as informações sobre o festival em um só lugar e que mostre de forma organizada todas as opções de festivais de música que temos hoje no Brasil. O Mapa também serve de guia para profissionais da indústria da música buscarem novas oportunidades ao visualizarem o calendário completo de todos os eventos”, aponta Juli.

Letrux é carregada pelo público durante show no Morrostock, em 2018

Letrux no festival Morrostock, em 2018 (Foto – Vini Angeli/Fosso Coletivo)

Além de encontrar informações essenciais, como line up, local e datas, o público poderá entrar na lista de espera de festivais que ainda não definiram line up/horários completos e receberá um email notificando quando as informações já estiverem online.

O Mapa dos Festivais permite também acesso ao site de venda de ingressos do respectivo evento, descobrir detalhes de como chegar não só ao festival, mas também na cidade onde ele vai acontecer e, ainda, será possível visualizar em tempo real opções de hospedagens próximas ao local, através da parceria inédita no Brasil com a plataforma espanhola Closer2Event.

O blog do projeto tem editorias que fomentam os conteúdos fundamentais para o público. Na editoria Festivais, você sempre terá listas de eventos por moods: festivais para ir com amigos, para acampar, para conhecer tal estado do país e outros. Já em Viagens, dicas do que fazer nas cidades dos festivais e informações sobre os respectivos destinos. A editoria Notícias é um novo canal para os festivais divulgarem suas novidades, como divulgação de data e pré-venda, lineup, entrevistas com os organizadores, rumores sobre lineup, e muito mais. Para fechar, a editoria Coberturas é a que concentra fotos e relatos de pessoas nos festivais.

Próximas atualizações do Mapa dos Festivais

A plataforma pretende incluir uma ferramenta de avaliação dos festivais, onde o público poderá rankear os melhores eventos e deixar comentários a respeito e salvar os eventos que gostaria de ir. O Mapa também pretende fornecer dicas do que fazer nas cidades durante o festival e uma área exclusiva para os realizadores cadastrarem seus próprios eventos entre outras ações.

“O Mapa dos Festivais pretende, além de oferecer informações úteis sobre os eventos, servir como um espaço para documentar novos artistas e cenas e instigar o público a conhecer o próprio país através dos festivais. Acreditamos que festivais levam muito mais do que entretenimento, levam desenvolvimento para a região onde acontecem e são a plataforma chave para conectar os artistas com o público”, conta Juli.

A concepção da identidade visual do Mapa dos Festivais foi em parceria com o estúdio de design CAXA. Outro parceiro de destaque do projeto é o coletivo Fosso Coletivo, que assina todas as fotos divulgadas pelo Mapa. E, nas próximas fases, a parceria vai render conteúdo sobre os festivais para um blog no site.