O mês de janeiro acabou de acabar, povo bom e povo do bem. Neste primeiro mês do ano, felizmente, uma incalculável porção de talentos da novíssima música brasileira criaram um Palco MP3. Já que o rolê é defender as cores da arte, independente de estilos, nada mais justo do que a nossa conversa de hoje girar em torno de algumas dessas caras novas que pintaram no maior site de divulgação de música do Brasil.

Novos artistas pra ficar de olho

A seguir, seus ouvidos e olhos terão contato com três artistas que fazem trabalhos bem produzidos, inovadores e cheios de boas inspirações. Prepare aí os seus fones de ouvido e se jogue numa experiência sensorial sem precedentes em sua vida.

Issoo!

A Issoo! é uma banda de música popular brasileira que tempera o seu som com influências do pop e do rock. Esta deliciosa aventura musical começou em 2015, com o reencontro de Tin Oliveira e Tatiana Lucky e do apoio de muita gente do teatro e da música. Atento à questão da igualdade, o grupo te, a proposta de entregar ao público um espetáculo acessível também em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais).

Capa do disco da Issooo foi inspirada no grupo Secos & Molhados

Uma capa inspirada nos Secos & Molhados, sempre será respeitada (Imagem/Divulgação)

Batizado Sonhos Líquidos, o disco de estreia foi lançado em 2018. Em seu Palco MP3, a banda colocou as músicas A Onda e Quantas Manhãs. O tema recorrente é o amor. Algumas delas são inspiradas em trechos de escritores como Guimarães Rosa (Quantas manhãs) e Shakespeare. O que dizer de um trabalho que faz a conexão entre o que há de melhor na literatura com samba, afoxé e reggae? Quem curte música sem barreiras, inevitavelmente, mal pode esperar para curtir as outras faixas do álbum 😉

Tibí

Paulistano de berço, mas radicado no Rio de Janeiro, Tibí é um prodígio na cena da novíssima música brasileira. Olha só o currículo do cara: aos 8 anos fazia parte de vários projetos musicais de sua cidade. Já na adolescência, aos 12, já se apresentava regularmente na região serrana.

Quando contava 18, iniciou o bacharelado em composição na UFRJ e já no ano seguinte foi selecionado – dentre milhares de jovens – para participar do Geléia do Rock, programa de grande audiência da Multishow.

Capa de Quase Pop, disco de estreia do músico Tibí

Disco de estreia de Tibí foi lançado em 2018 (Divulgação)

Aos 21, ficou em 2º lugar no reality musical Superstar, da Rede Globo, com a banda JAMZ, tendo viajado e conquistado milhares de fãs pelo Brasil. Com a JAMZ ganhou diversos prêmios, além de 2 indicações ao Grammy Latino. Participou de alguns musicais, peças teatrais e séries de TV como ator, além disso, já teve 4 músicas autorais em novelas da Globo.

Atualmente, Tibí trabalha o voo da carreira solo. Em 2018 lançou seu disco de estreia, Quase Pop. Um dos destaques do trabalho é a faixa Me Dá Um Salve.

Tuyo

Com uma estética que une voz, beat e outros elementos a temas existenciais, a Tuyo é formada por Machado, Lio e Lay Soares. A sonoridade deste trio paranaense transita entre a organicidade e texturas eletrônicas, mas não sem navegar pelo folk e flertar com lo-fi, hip hop até o synth pop. Na dúvida, diga que o som deles é universal e dialoga com quem está disposto a unir música e alma.

Integrantes do trio Tuyo

Tuyo faz música que libera as amarras do pensamento (Foto/Facebook)

O discurso contemplativo e introspectivo se evidencia nos três trabalhos já lançados, Pra Doer (2017), Pra Curar (2018) e Pra Curar Remix. Em conjunto com propostas vocais sempre audaciosas, os beats mais complexos  emolduram letras abstratas e basante instigantes.

Sem medo de  pensar fora da caixa, a Tuyo cria um som flutuante, repleto de força e sensibilidade. Nas palavras dos próprios integrantes, o rolê é “uma simbiose mística entre o belo, o triste e o visceral”. Confira o clipe de Eu Não te Conheço e seja impactado por uma canção que te faz dançar com a mente e com o corpo.

Os clipes mais tops lançados em janeiro

O auviosual é um dos elementos mais interessantes da indústria fonográfica. Afinal de contas, o vídeo permite que o artista seja visto e ouvido, ao mesmo tempo, em qualquer parte do planeta. Felizmente, os artistas do Palco MP3 realizam produções maravilhosas! A seguir, confira três clipes bem tops:

1. Baile Black – Enversos

Pensa num som bem feito, dançante, cheio de vigor e envolvente? Essa combinação poderosa e tão preciosa você encontra na música Baile Black, novo single da banda mineira Enversos. E para melhorar ainda mais, os caras lançaram “O” clipe que não vai deixar ninguém parado. Isso é hit certeiro, hein 😉

NENNY – +351 (Call me)

Disposta a conquistar o lado de cá da Linha do Equador, a cantora portuguesa NENNY chegou com tudo no Palco MP3. No impactante clipe da faixa +351 (Call me), a artista mostra toda sua ginga e presença em cena. Além do mais, o clipe tem uma fotografia espetacular.

Músicas que não vão sair da sua playlist

E já que você já foi impactado por três artistas diferenciados, chegou a hora de ouvir umas canções que não vão sair de suas playlists. A seguir, você curte um Top 5 de músicas chiclete, ou seja, singles que vão ficar grudadinhas aí nos seus ouvidos.

1. Que Horas Ele Volta – Malaca

Malaca divulga single Que Horas Ele Volta

Malaca (Divulgação)

Diretamente de Belo Horizonte (MG), o R&B brasileiro acaba de ganhar sua mais nova sensação. Trata-se da jovem cantora Malaca, uma artista promissora e cheia de talentos.

Em seu single de estreia, a deliciosa Que Horas Ele Volta, Malaca mostra seu timbre diferenciado e o jeito de cantar emoldurado pelo sabor agridoce da “marginalidade”. Apesar da pouca idade, a artista demonstra a maturidade de quem tem bastante familiaridade com a própria voz e os rumos que pretende seguir na carreira.

Por horas, contamos as horas para o lançamento de mais trabalhos dessa força da novíssima música brasileira!

2. FM Arrependimento – Fiduma & Jeca

Dupla Fiduma & Jeca lança música

Fiduma e Jeca (Divulgação)

Por si só, a alegria e o bom humor faz da dupla Fiduma & Jeca um verdadeiro chiclete. É muito ver esses caras, sério mesmo!

Em FM Arrependimento, esses dois mostram que a sofrência também serve para divertir. É impossível ouvir e não se render ao verso “‘Cê’ tá ouvindo o que eu tô ouvindo?”… bem como ao refrão: 

“É o som da saudade batendo no peito/Parece que tem uma rádio aqui dentro/Só toca sofrimento, só toca sofrimento FM arrependimento”  🙂

3. Vamos Falar Mais de Amor – Clara x Sofia

Clara x Sofia, duo do pop

Clara X Sofia (Divulgação)

A cena de BH é mesmo um celeiro de artistas talentosos, hein? Uma das novas promessas é a dupla Clara x Sofia, força jovem no pop cantado em português.

Em janeiro de 2020 o duo lançou sua quarta faixa autoral, Vamos Falar Mais de Amor. A música é pura positividade, alto astral e boas vibes. Que jeito de começar o ano, hein?

Fala sério: eu quero isso toda hora, todos os dias.

4. Casa Fort – Tesouro

Casa Fort lança single Tesouro

Casa Fort (Divulgação)

Contrariando as previsões mais populares na indústria, o pop rock brasileiro está em um grande momento. As bandas das antigas seguem firmes e, felizmente, a nova geração segue se atualizando.

Um expoente interessante da cena independente é a Casa Fort, banda carioca. Os caras fazem um som que combina com praia, acampamento, shows em casa top, etc e tal.

O single mais recente é Tesouro, que chama atenção pelo tom reflexivo da letra. Nesses tempos tão caóticos, nada melhor do que uma canção sobre desapego 😉

5. Dropando – Pretinho Da Hora

Pretinho da Hora lança projeto Baile do Pretinho

Pretinho da Hora (Divulgação)

O funk feito em SP já não é mais rabu pra ninguém, concrda? E um dos peronsgane responsáveis pela firmação desse rolê é o Pretinho Da Hora, um cara que dança, compõe, canta e também toca instrumentos de corda e percussão.

Com larga experiência no samba e no pagode, Pretinho faz um tipo de funk temperado com batidas mais envolventes e milimétricamente hipnóticas. Bastante inventivo e versátil, ele tem a manha de fazer músicas que são diferentes entre si.

Nesse carnaval, vamo todo mundo ficar “dropara, dro, droparalizando”! Dropando, dropando, dropando/No clima do grave ela vai rebolando”.

Os feats mais da hora

Desde que bem feita, uma parceria musical tende a impulsionar a carreira dos artistas envolvidos. Quando o assunto é música, o feat faz conexão entre fãs e acaba promovendo uma interação entre os públicos. A seguir, você ouve três colaborações que merecem nota máxima!

1. Lancei Meu Foguetão – Mc Vinny e Mc Paulin Da Capital

Sob a batuta do mestre KondZilla, os MCs Vinny e Paulin Da Capital lançaram o funk Lancei Meu Foguetão. Bem próxima ao discurso de superação, a letra dessa música evidencia a familiaridade do estilo com o hip hop.

2. Vibezinha Solteirô – Allana Macedo, Mc MM

Já faz tempos que a combinação sertanejo + funk é uma realidade. Desde que feita com inteligência, essa dobradinha rende em músicas que representam uma boa alternativa para o pop nacional. No single Vibezinha Solteirô, o feminejo da Allana Macedo encontra o som inconfundível do MM. É hit na alta!

Playlist Transante – Lary e Choice

A cada lançamento, Lary apresenta uma evolção artística. Seja na performance voca ou nas concepções de arranjos, o som dela só faz evoluir. Na deliciosamente perigora Playlist Transante, a cantora faz um feat. com Choice, um artista que ainda vai dar muito o que falar.

Palco MP3 Recomenda

Não foi nada fácil listar três artistas, viu? Com a ajuda da curadoria do Palco MP3, isto é, a galera que seleciona destaques e cria playlists, este que vos escreve selecionou uns sons que precisam ser ouvidos com bastante atenção. Infelizmente, pode apostar, muita gente boa ficou de fora deste post. Para amenizar essa situação, segue a playlist Palco MP3 Recomenda, para que você ouça as músicas mais tops que chegam no site durante o último mês de janeiro.

Playlist com músicas lançadas em janeiro no Palco Mp3

Vem ouvir uma seleção das músicas quem bombaram no Palco MP3 em janeiro (Imagem/Palco MP3)

Nada impede, no entanto, que essa gente tão boa de serviço reapareça em textos futuros. Afinal de contas, cá estamos para propagar o que há de melhor na novíssima música brasileira.