Que o funk já tem seu lugar no ecossistema da cena musical brasileira, todo mundo já sabe. O caminho até o topo da preferência do público, no entanto, não foi fácil. Afinal de contas, ao longo das décadas, o estilo sempre teve que lidar com rejeição, preconceito, modismos e palavras ferrenhas da crítica especializada.

E qual o segredo da resistência funkeira? Bem… essa resposta pode ser vista por várias perspectivas. Uma delas, sem sombras de dúvidas, é a capacidade de renovação e inovação dos artistas que “formam o bonde”. Quem também exerce papel de máxima importância nesse rolê todo é a Kondzilla Records, uma entidade que dispensa qualquer apresentação.

Por essas e outras, minha amiga e meu amigo, só consigo entender que o funk é uma música feita por guerreiros. É um som feito por quem bota fé no próprio trabalho.

Já que o Palco MP3 considera justa toda forma de música, o post de hoje é todo dedicado aos funkeiros da nova geração. Ao longo da conversa, você vai ouvir músicas e curtir clipes de uma galera que cola na função de manter o alto nível da qualidade do baile.

Se ajeite por aí, treine as coreografias e aproveite o seu garimpo musical de hoje!

1. Amor é o Carai – MC Kabeça

Quem investe em letras mais sérias é MC Kabeça, representante do funk que vem de São Paulo. Na percussiva Amor é o Carai, o artista dá um troco em um crush que o esnobou antes de ele dar uns pulos mais sérios rumo ao sucesso.

2. Alvará – MC Rhamon e MC Lipi

Azaração é top, mas o funk também tem um lado social espetacular. Esse discurso pode ser observado na música Alvará, faixa que uniu os MCs Rhamon e Lipi. Na letra, o “Porta-voz das Quebradas” e o “Menor Ralé” mandam um papo bem reto sobre como a infância deve ser saudável.

3. Resumo – MC Boy da Penha

Com pose de galã, MC Boy da Penha já tem um bom tempo de caminhada. As músicas dele apostam em batidas minimalistas, isto é, a voz fica em primeiro plano. Por suas vezes, as letras tendem a abordar conteúdos explícitos, conforme você confere na faixa Resumo.

4. Nikelandia – MC Bin Laden

E pensar que teve bico que não acreditou no sucesso do Bin Laden, hein? Nunca julgue um artista, pois a capacidade dele pode queimar sua língua! E em seu novo som, a faixa Nikelandia, MC Bin Laden busca referências sonoras no hip hop e mostra sua sintonia com o rap. Esse cara não cansa de surpreender 😀

5. Tá Radiando – MC Alê

Com sua inconfundível voz de timbre agudo, o MC Alê tá ligado nos rolês da comunidade. Na música Tá Radiando, por exemplo, ele manda a rima sobre crescer na vida e puxar os manos pro lado da vitória. Tudo nosso!

6. Talarica – MC 2Jhow

Cantor e compositor de funk, o artista MC 2Jhow é expoente da nova geração do funk carioca. Seguindo a tendência atual, o som dele investe bastante nas batidas de música latina. Entre seus grandes sucessos estão as músicas Talarica e Tô Solteiro, Né?.

7. Dias de Glória – MC Negão do Arizona

Com cerca de uma década de carreira, MC Negão do Arizona é testemunha ocular da evolução do funk. Suas batidas intensas emolduram letras de cunho mais consciente e que também abordam o conidiano das comunidades. Sua música mais recente é Dias de Luta, um som de fé… e que mostra que a favela vence.

Deu até pra aumentar a saudade de “quebrar tudo” na resenha ou no baile, né, minha filha? Infelizmente, no entanto, esse rolê vai ter que ser aí na sua casa 😉 Mas para dar continuar dando um grau na qualidade das músicas, só se liga na playlist Rebolando a Raba, uma seleção de canções feitas pela curadoria do Palco MP3.

Imagem de divulgação da playlist Rebolando a Raba, só música funk

Rebolando a Raba, playlist de funk, carinhosamente selecionada pela curadoria do Palco MP3 (Imagem/Divulgação)

Ah! E para deixar tudo ainda melhor, que tal dar uma forcinha?

Basta compartilhar o link deste post aí nos seus grupos de WhatsApp e redes sociais. Com seu help, o trabalho dessa nova safra de singles de funk vai reverberá bem mais longe 😉