É verdade que existe Reggaeton Brasileiro? Sim! Então, se você está sempre antenado no mundo da música, com certeza já ouviu falar do estilo. Nesse sentido, ele é o resultado de um ritmo latino com batidas profundas e que misturam em um só estilo a salsa, o eletrônico e até o hip hop. Apesar de suas raízes serem de países com idioma em espanhol, como Panamá, ele chegou ao Brasil e já criando sua identidade como Reggaeton Brasileiro. 

Diversos artistas, influenciados por Daddy Yankee, começaram a produzir o ritmo aqui ainda sem muita definição, como a Wanessa Camargo, por exemplo. Em seguida, a influência da canção “Despacito” atingiu o mundo todo, reforçando a necessidade de produção nacional, hoje liderada por artistas como a Anitta. Recentemente, o mesmo autor deste sucesso gravou com Juliette e Alok, dando ainda mais peso para a presença do gênero em solos brasileiros. 

Deu vontade de dançar por aí, né? Vem com a gente que te explicamos mais sobre esse ritmo que promete agitar ainda mais os seus fones de ouvido!

4 artistas do reggaeton brasileiro para entrar na sua lista

Antes de tudo, é preciso ter em mente que diferentes artistas têm produzido conteúdo de qualidade, popularizando o ritmo e dando nova roupagem ao estilo. Assim, o cenário independente também é responsável por criar tendência para os próximos meses. Então, listamos quatro artistas que vêm conquistando espaço para você conhecer e ouvir no volume máximo. Vamos lá?

1 – Leo Maverick

O artista Leo Maverick é, além de cantor, compositor, produtor audiovisual e fundador de uma diferente iniciativa, chamada Projeto Reggaeton Tropical. Ela tem como objetivo incentivar a produção do reggaeton brasileiro. Isso acontece por meio de produções bem elaboradas, conexões com diferentes artistas e servir como ponte para produtores internacionais da cena latina. 

Assim, o pernambucano, também conhecido como Grande Mav, tem construído sua trajetória há mais de 25 anos, se aventurando por outros ritmos como o hip-hop. Mas foi no Reggaeton que ele se encontrou e focou suas produções. Com sucessos como “Faking Love“, “Infiel” e “Beijo Perigoso“, Leo acumula milhares de visualizações no streaming, somando mais de 10 milhões de visualizações no Youtube. 

Apesar de ter nascido no Nordeste, ele foi criado em Brasília e isso se reflete em suas conquistas musicais. No Palco MP3 ele já ocupa o primeiro lugar no estilo Reggaeton na cidade de Brasília e 1º lugar em todo o Distrito Federal. Além disso, está entre os 200 artistas do Distrito Federal, ocupando a 192ª posição e 7º artista de Reggaeton no ranking geral da plataforma. Ufa! 

Agora, ele se prepara para colher os frutos de seu novo lançamento. Com o tema “Navegar”, o artista procura exaltar as belezas tropicais do Brasil e levar uma proposta suave e romântica às suas canções. Exemplo disso é “Deu Bom Praia“, que mostra não só as belezas da locação escolhida, mas sua letra e o alto nível de produção. Os teasers de Navegar já começam a ser publicados e mostram uma batida envolvente, mar com águas cristalinas e uma letra apaixonada

Vem conferir o lançamento:

Fique ligado na ficha técnica que acompanha a produção de “Navegar”:

Ficha técnica:

Navegar por Leo Maverick

Produção musical, mixagem e masterização: Lukana Marko Magne @parlamento_records_oficial

Videoclipe:

Direção: Marcelo Cunha do Brasil @marcelocunhadobrasil

Produção: Ângela Xavier e 007 Filmes @angelaxfernandes @007filmes

Direção de fotografia e imagens aéreas: Rafael Stevam @rafaelstevam

Assistente de produção: Nielson Vasconcelos @ni3lson

Modelo: Carol Pitanga @14carolpitanga

Making: William Lima @williamlimamaking

2 – MC JuGuÉ Lá

O Mc JuGuÉLa lançou o seu último trabalho em janeiro deste ano e já mostrou que veio para ficar. Ao mesmo tempo que teve a tecnologia como aliada, produziu o álbum à distância e expressou seus sentimentos, presentes nas temáticas das letras.

Lendo Com Os Ouvidos fala sobre esquecimentos, lembranças, amizades e relacionamentos, apontando uma direção madura feita em parceria com o produtor RG No Beat. O destaque fica para as canções “Memória Curta“, “Quando o Sol Nascer” e “Salmos 51“. 

Além de cantor, o Juliano Neres, ou Mc JuGuÉLa, é compositor e se aventurou por outros gêneros, tendo iniciado a carreira em 2007 cantando rap. Hoje ocupa o 1º lugar no estilo Reggaeton na cidade e estado de São Paulo, além de estar entre os 200 artistas do mesmo estado. 

3 – Mineirin

Produtor musical e compositor, o artista Minerin mistura pop music, trap latino e reggaeton, com resultados únicos. Além disso, seu foco em 2022 é buscar parcerias e feats interessantes, para expandir o ritmo entre os ouvintes. Entre suas músicas mais acessadas estão “Deixa Ela Mexer” e “Voltas“, com mais de seis mil reproduções. 

Como resultado de seus singles, Minerin já ocupa a primeira posição no estilo Reggaeton na cidade de São Luís. Além disso, o primeiro lugar no estado do Maranhão e o de 15º artista da cidade de São Luís também são seus. No palco MP3 o segundo lugar do top artistas de Reggaeton já é dele. 

4 – La Yorona

Misturando o português com o espanhol, o projeto La Yorona é feito pela Layla Policarpo e contém traços de pop urbano. Além disso, ele propõe a pluralidade por meio de suas letras, que mostram a vivência LGBTQIA+, embasados pelo ritmo de um reggaeton mais urbano.

As faixas “Nofaqp” e “Coral” acabaram de ser lançadas em nossa plataforma e já estão esperando pelo seu play! Vamos nessa?

Já escolheu seu artista preferido de Reggaeton Brasileiro?

A gente sabe que fica difícil escolher apenas um só, não é mesmo? Cada um com o seu estilo tem transformado o gênero e expandindo ainda mais sua legião de fãs. E você pode aproveitar esses e outros trabalhos repletos de talento aqui conosco! É só ouvir mais do Reggaeton Brasileiro na playlist que fizemos especialmente para você

E é claro que você não vai ouvir sozinho, não é? Então, compartilhe esse post com os amigos e chame todo mundo para dançar!