O dia do músico é comemorado no dia 22 de novembro. Para celebrar esta data tão importante, ao longo desta semana, nós vamos musicalizar por aqui no blog! Em nossa primeira conversa, vamos sugerir 5 dicas preciosas para quem quer trilhar uma carreira musical interessante e não só passar pelos estúdios, palcos e bares da vida. Vamos lá? ⭐ ?

1. Faça um som autêntico

Muita gente talentosa acaba passando batido por tentar recriar trabalhos já existentes no cenário. Quando pensamos em pop rock, por exemplo, não é pequeno o número de artistas que desejam soar como soavam as bandas das décadas passadas. O ideal é buscar um equilíbrio entre os elementos que remetem às suas influências e os aspectos que indicam o que é tendência.

Batalhando por um lugar ao sol, a banda NDK sempre fez um som autêntico (Foto/Divulgação)

Uma banda que tenta ser “a nova Legião Urbana” ou “o novo Los Hermanos”, por exemplo, tem grandes chances de não ter muita relevância e acabar sendo rapidamente engolida pelo mercado. Para não seguir esse triste caminho, procure fazer um som autêntico! ? ?

2. Confie em seu repertório autoral

Antes de tudo e acima de qualquer coisa, precisamos dizer que não é demérito tocar músicas de terceiros. Além de ser uma homenagem aos grandes nomes da música, o cover é fundamental para que um jovem artista comece a ganhar espaço na cena de shows. Porém, quem deseja um lugar no panteão dos gigantes da música, precisa confiar nas próprias canções!

Líder de audiência, Hungria sempre confiou nas próprias canções (Foto/Divulgação)

No começo de carreira, uma apresentação 100% autoral pode deixar o público um pouco desatento, pois, afinal, um repertório muito desconhecido pode não agradar tanto. Por isso, é prudente você usar do equilíbrio na hora de inserir as músicas autorais no setlist! Lembre-se que, com as aprestações ao vivo, com a ajuda do Palco MP3 e com a força de suas redes sociais, a sua música rapidamente estará na boca da galera! ? ?️

3. Seja profissional desde sempre

Por mais que você esteja no início de carreira, você já precisa pensar como um artista. Por isso, procure agir com profissionalismo desde o primeiro ensaio. Lembre-se de que ser profissional é bem diferente de ser um tirano e, sendo assim, nada de ataques de estrelismo com os companheiros de banda, combinado?

O jovem Hugo Henrique já dá exemplos de profissionalismo (Foto/Site Oficial)

Não deixe de cumprir com os horários e acordos! Se, desde o começo, a sua vida artística for levada com seriedade, você terá menos dificuldades para lidar com as situações corriqueiras que aparecerão depois que a sua carreira decolar. O profissionalismo é importante no palco, com fãs, com a imprensa, com os contratantes, com as redes sociais e com os demais personagens e cenários inerentes ao seu trabalho.

Conselhos de ouro: confira as melhores dicas para escrever um release , para fazer fotos de divulgação e para fazer a sua live bombar!

4. Proteja os seus direitos autorais

A sua obra musical é o seu grande tesouro! Por isso, você precisa tomar as medidas legais para que nenhum pirata se aproprie indevidamente de suas joias! Saiba que as editoras, as associações de gestão coletiva de direitos autorais e o Ecad não são inimigos do artista.

Atualmente, Michel Teló é detentor dos direitos autorais sobre suas músicas (Foto/Divulgação)

Sempre que compor uma música ou escrever uma letra, você precisa fazer os devidos registros para que se resguarde de quaisquer problemas com direitos autorais. Quando for registrar o seu fonograma, isto é, a sua música gravada, seja você mesmo o produtor fonográfico! Desta forma, você literalmente será o dono de suas músicas e ela sempre será utilizada conforme a sua determinação. ✍? ?

5. Não perca oportunidades

Como diz o ditado popular, “o copo pode estar meio cheio ou meio vazio”. Tudo depende de como você quer enxergar as coisas. Por isso, se nos seus primeiros shows a plateia for bem pequena, se comporte como se estivesse diante de um estádio lotado! Lembre-se que cada palco é um aprendizado!

Os funkeiros Kevinho e Davi são exemplos de como parcerias fortalecem a cena musical (Foto/Divulgação)

Procure sempre frequentar shows, conhecer o som de outros artistas e criar parcerias e conexões. Juntos, somos todos mais fortes! Lembre-se que a outra banda o outro cantor de sua cidade não é seu rival, mas sim seu companheiro de jornada. Um contato, sempre leva a outro! ? ?

Curtiu esse nosso papo, amigo leitor?! Então fique ligado, pois ao longo da semana nós vamos trocar muitas resenhas ainda! Até já!