Quando o assunto é “feminejo”, a gente logo pensa nas divas Marília Mendonça, Maiara & Maraisa, Paula Mattos e, claro, Naiara Azevedo. O trabalho delas é digno de todas as reverências possíveis. Mas você já parou pra pensar na quantidade de cantoras que enobrecem ainda mais o sertanejo? Pensando nessa agradável realidade, listamos 3 artistas que você precisa conhecer!

1. Héster & Helena 

Paranaenses de berço, mas radicadas em Goiânia (GO), as irmãs Héster & Helena formaram a dupla ainda na infância. Apesar da pouca idade, as cantoras já têm 10 anos de estrada e três discos na bagagem. Um dos grandes momentos da carreira delas é o single “Proibido Pra neném”, de 2017.

O trabalho mais recente da dupla é o álbum “Churrasco na casa da Héster & Helena”. Ao longo de 13 músicas, as irmãs celebram a juventude, mergulham na sofrência, homenageiam ídolos e praticam a fé.

2. Janaynna

Natural de Campo Grande (MS), Janaynna é dona de uma carreira interessantíssima. Entre outras, ela já cantou em dupla, trabalhou com uma grande gravadora e já fez feat. com pesos pesados do sertanejo. A projeção dela no cenário nacional começou lá em 2009,  quando gravou a música “Sacanagem Tua”.

Janayna é puro carisma (Foto/Facebook)

Como não nasceu ontem e também não abraçou a carreira musical por acaso, a cantora acompanha a evolução da música sertaneja. Um de seus lançamentos mais recentes é a faixa “Seja Mais (ft. Jesus Luz)”, uma canção que mistura sertanejo com batidas eletrônicas. Seguindo firme na esteira da modernidade, Janayna acabou de lançar “Cozumel (feat. Humberto e Ronaldo0”, uma música que apresenta flertes com o brega funk.

A letra é uma homenagem à bebida cozumel – conhecida também como “cosmel”. Trata-se de um drink composto por cerveja, gelo, limão e sal na borda da taça. Típica da região goiana, a “biritia” conquista diversos fãs pelos bares da cidade, levando a boa fama para outros locais do país.

3. Lilyan e Rosangella

Depois de um tempinho interpretando, e muito bem por sinal, músicas consagradas, as paranaenses Lilyan e Rosangella decidiram apostar no trabalho autoral. A canção escolhida para inaugurar a nova fase da dupla é o single “O Amor Não Se Compra”, uma composição assinada por Rosangella.

E se você quiser curtir esse importante capítulo da novíssima música brasileira, se ligue nas playlists “Musas do Sertanejo” e “Feminejo”. O conteúdo foi selecionado com todo amor e carinho pra você e pra elas, as mulheres que ditam as regras no sertanejão!