Em tempos de YouTube e demais plataformas de audiovisual, o videoclipe continua sendo importante para a carreira de um artista. Pra galera do funk, as produções maravilhosas conduzidas por GR6 e KondZilla dão o tom. Não há a menor sombra de dúvida a respeito da competência dessas icônicas produtoras, diga-se de passagem.

3… 2… 1… (Foto/Pexels)

Felizmente, porém, os outros segmentos da música também contam com ótimos clipes. Pensando nessa condição, listamos 3 trabalhos bem produzidos para inspirar o seu próximo videoclipe.

1. João Stelutti – Sistema Caipirado

Natural do interior de São Paulo, João Stelutti é uma das forças do sertanejo moderno. Dono de um vozeirão que derruba qualquer paredão, o cantor segue a linha bruto, rústico e sistemático. E por falar em “sistemático”, o novo sucesso do cara se chama “Sistema Caipirado”. A música ganhou um ótimo clipe e é uma produção pra peão nenhum botar defeito

João comanda uma farra de bom gosto (Foto/Divulgação)

Com direção da galera da “I Have a Dream Music”, de Londrina (PR), o vídeo conta uma história que envolve roça, “birita”, paixão e farra! No quesito técnico, o videoclipe acerta em cheio na combinação “movimentos de câmera + fotografia”, um combo que parece levar o espectador para dentro da história.

2. Rio Santana – “LØST”

Com altos rolês estabelecidos na gringa, o rapper brasileiro Rio Santana é motivo de orgulho para a novíssima música brasileira. Seu mais novo sucesso é “LØST”, faixa cujo clipe homenageia o público brasileiros.

XXXtentacion e Rio Santana mandando um som (Foto/Facebook)

O vídeo também é um tributo ao rapper XXXtentacion, que foi assassinado em Miami, em junho de 2018. Com produção de Gingerbread, o tom emocional do enredo é um exemplo de como produzir uma homenagem lúcida e nada baranga.

Ted Marengos – Don’t Try To Stop Me | Live (Lifting To The Rooftop)

A banda Ted Marengos é defensora do rock and roll em seu estado mais puro. No visual dos caras, inclusive, não faltam barbas, cabelos longos, óculos escuros e roupas parecidas. Falando em roupas, o novo clipe do quarteto paulista arrasa no figurino.

Os Marengos e seus trajes que lembram a corrida espacial, acontecimento icônico da década de 1960 (Foto/Facebook)

Sob as batutas de Mario SaviCaique BarbozaRodrigo Ohara, a banda gravou o clipe do single “Don’t Try To Stop Me”. O vídeo é um claro raio-x dos Marengos, que em cena lembram rock das antigas, super heróis do século XX e viajantes protagonistas da corrida espacial. Mais pop art, impossível!