Quando o assunto é gerenciamento de carreira artística, a conversa é delicada, pois estamos lidando com questões que envolvem concorrência, disputa de egos e conflitos das mais variadas naturezas. Por essas e outras, devemos ter um certo cuidado para tratar do tema e não criarmos rusgas.

Uma das corporações protagonistas da indústria de gerenciamento artístico no Brasil é a Workshow. Com sede na cidade de Goiânia, a empresa tem 11 anos de mercado e atualmente cuida da carreira de artistas que são campeões de bilheterias, líderes de paradas de sucesso e mitos em todos os indicativos de popularidades possíveis.

Workshow trabalha com um elenco estelar, mas também está de olho nas novas promessas (Imagem/Facebook)

Entre outros, o escritório cuida dos interesses dos veteranos Gusttavo Lima e Wanessa Camargo, além do quarteto fantástico formado por Henrique & Juliano, Maiara e Maraisa, Zé Neto & Cristiano e Marília Mendonça. Estrelas do calibre de Paula Mattos, Júnior AngelimJoão Neto & Frederico, também já contaram com os cuidados da Workshow, ou seja, a empresa sempre teve um elenco de peso sob sua batuta.

Marília Mendonça, a atual grande estrela da Workshow (Foto/Site Oficial)

Além das impecáveis gravações de DVD, os festivais Festeja e Festa das Patroas estão entre os produtos que carregam o selo Workshow de qualidade. Com produção que atende aos níveis dos grandes astros da música pop mundial, os eventos rodam o Brasil e também marcam presença em território internacional.

Mas qual é a razão do sucesso e da longevidade da Workshow? São muitas, na verdade. Entre os principais motivos, no entanto, está a originalidade no que se propõe a fazer. Ao invés de apostar somente em medalhões, por exemplo, a Work tem o costume de moldar carreiras relativamente iniciantes e catapultá-las ao sucesso.

Luiza e Maurílio, uma das revelações mais recentes da Work (Foto/Divulgação)

Outro ponto positivo da empresa é o fato de não seguir tendências, mas sim criá-las. Nos últimos tempos, a grande revolução da indústria fonográfica brasileira foi o feminejo. Como pensar nessa indiscutível presença que o empoderamento feminino conquistou no cenário, mas relevar os dedos e mentes pensantes da Workshow? A resposta é simples: impossível!

Seria muita pretensão afirmar qual será o próximo passo da música brasileira popular. Porém, independente do que acontecer, estamos certos de que a Workshow será protagonista e estará no time dos que fazem a diferença.