Natural Barra do Mendes, cidade do sertão da Bahia, Rayane Martins tem quase 23 aninhos e abraçou a carreira artística ainda na infância. Antes de entrar na adolescência, essa baiana arretada já fazia parte do coral da igreja e participava de shows de calouros. Aos 12 anos, ganhou seu primeiro violão e, com a faixa “Sempre Te Amei”, estreou no ramo das composições.

Rayane Martins é uma força jovem da música brasileira popular (Foto/Divulgação)

Com a evolução natural do tempo, Rayane soube aprimorar seu talento. Tendo como aliado o bom uso dos meios de comunicação digital, a artista entrou de cabeça nas produções e nas divulgações de seu trabalho.  Não demorou muito para a que sua voz marcante conquistasse admiradores e a fizesse iniciar a carreira no circuito de bares da cidade.

Literalmente, ela é dona do palco (Foto/Divulgação)

Porém, em dezembro de 2017, Rayane engatou o voo da carreira solo foi lançada oficialmente no mercado. De lá pra cá, a artista tem trilhado seu caminho na base da perseverança e do amor pela arte. Ciente de onde quer chegar, ela não se preocupa em imitar ninguém e aposta no próprio repertório. Com 12 faixas autorais divulgadas nas plataformas digitais, a artista já colocou seu bloco na rua. As faixas “Seu Taxista”, “Poltrona 23” e “Adesivo” estão entre os destaques do trabalho da cantora.

Rayane Martins entra em 2019 com uma identidade musical bem definida. Dona de um timbre de voz diferenciado e equipada com a capacidade de assimilar os nuances dos mais variados estilos de música, a cantora desponta como uma das grandes sensações da novíssima música brasileira. A habilidade de criar músicas que já nascem com cara de hit, a exemplo da contagiante “Cheirinho de Problema”, faz com que o trabalho de Rayane seja um forte candidato a conquistar um lugar cativo na prateleira das grandes estrelas.