Mineirinho de Sete Lagoas, Luan Vittor tem 26 anos de idade e está há quase uma década na busca pelo seu lugar na música. Nascido no berço circense da família Stankowich, Luan carrega arte e talento em seu DNA.

Artista entra em 2019 disposto a subir mais degraus (Foto/Divulgação)

Apesar de ser especialista nos números “Globo da Morte” e “Malabares”, Luan Vittor sempre se idealizou nos palcos cantando. Persistente e firme em suas convicções, ainda na adolescência saiu do circo com o violão nas costas e começou sua batalha pela carreira musical. Suas maiores referências são os astros que a música sertaneja lançou a partir dos anos 80. Sem medo de fazer seu caldeirão sonoro, mas sempre apostando em sua originalidade, Luan se inspira nos trabalhos de Zezé Di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó, Cristiano Araújo e Jorge e Mateus, ente outros.

Luan Vittor é exemplo de perseverança (Foto/Divulgação)

Depois de fazer muitos shows e encarar muitas portas fechadas, Luan Vittor gravou seu DVD de estreia em 2017, na Grand Nature Eventos, em Goiânia. Batizado “Só Vem”, o trabalho aposta em nove músicas inéditas, sendo que três delas são autorais. Com um timbre de voz bem característico e uma presença de palco contagiante, o artista emplaca uma ótima primeira impressão.

DVD de estreia deixa ótima impressão (Divulgação)

O som carrega elementos clássicos do sertanejo, mas não deixa de lado as pitadas eletrônicas que conduzem os rumos do cena atual. As letras apresentam temas que vão desde sofrências das mais doídas, passam por situações engraçadas e colam com declarações de amor. Desta forma, o artista livra nossos ouvidos da sensação de sempre ouvir a mesma música. Um dos destaques do trabalho é a faixa “Amor Vagabundo”.

Em 2019, Luan Vittor pretende explorar seu som e ser visto e ouvido por uma legião de pessoas. Vivendo uma nova fase e trabalhando com uma nova equipe, ele está pronto para liderar rankings e movimentar o cenário da música sertaneja. Estamos diante de uma das novas sensações da novíssima música brasileira.