O Young Lights nasceu Belo Horizonte e se consagra como um dos grandes destaques da cena indie atual. O projeto foi idealizado por Jay Horsth, que viveu por vários anos de sua vida em Boston. A conexão Minas Gerais – EUA influenciou diretamente na música da banda, que tem os dois pés no indie folk e letras em inglês, mas com músicas que carregam a visceridade quase melancólica e nostálgica típica do temperamento mineiro. O jeito “triste, orgulhoso: de ferro”, eternizado pelos versos de Carlos Drummond, aparece como plano de fundo do disco, que já entrou em algumas listas de melhores do ano.

O primeiro álbum cheio do YL como uma banda nasceu no ano passado, com show de lançamento em parceria com o Baleia, – uma das bandas mais interessantes do momento. Acompanhando as tendências musicais do momento, o álbum também conta com uma versão visual: o belo vídeo conta com fotos de fãs e amigos da banda quando crianças, reforçando a característica nostálgica que permeia boa parte das letras.

Destaque para os singles Understand, Man, Old and gray e para a música Fast Heart, gravada em parceria com Gustavo Bertoni, da Scalene. A amizade entre os integrantes das duas bandas nasceu durante uma turnê e logo vieram as parcerias: enquanto o Scalene convidou a Young Lights para tocar com eles na capital mineira, o Young Lights retribuiu o convite com a faixa no novo disco.

Para ouvir o novo álbum do Young Lights, acesse a página da banda no Palco MP3!