E já que estamos em clima de Dia Mundial do Rock, cá estamos para te aplicar um pouquinho do que há de melhor no rock feito na novíssima música brasileira. No texto de hoje, nós listamos 3 das muitas bandas que fazem um trabalho interessante, revigorador e autêntico.

Se prepare, pois seus ouvidos nunca mais serão os mesmos!

Poison Gas – Jovens, ousados e talentosos

Formada por Davi Leão (voz/baixo/teclado)Gabriel Colen (voz/guitarra)Pedrinho (guitarra solo) e Rafael Baino (bateria), a banda Poison Gas é natural de Belo Horizonte (MG). Com idades variando entre 15 e 16 anos, esses garotos fazem um rock vigoroso, alto astral e cheio de punch.

poison gas, banda de pop rock mineira

Poison Gas tem um presente interessante e um futuro realmente promissor (Foto/Divulgação)

Outro ponto interessante dessa promissora carreira é a questão das letras, que sempre apostam em temas reflexivos e que dispensam qualquer sinal de alienação juvenil.

O EP de estreia, que leva o nome do grupo, data de 2017. Já em 2019, eles lançaram o álbum Outro Jovem Sem NoçãoDica: ouça o single Desconstrução e entenda os motivos pelos quais precisamos prestar atenção no guitarrista Pedrinho. Esse cara tem o dom, hein?!

Jardim de Lótus – A garra e o charme de um power trio

Formado por Victor Thomas (guitarra/voz), Vitor Lipp (baixo/vocal) e Gisele Moser (bateria/percussão), o Jardim de Lótus tem suas origens em Porto Alegre (RS). Na estrada desde o início de 2018, esse power trio impressiona pelo som visceral, pulsante e instigante.

Jardim de Lótus, power trio de Porto Alegre

Jardim de Lótus mantém a tradição gaúcha de revelar ótimas bandas de rock (Foto/Divulgação)

Com muita maestria, essa trinca consegue equilibrar guitarras enérgicas, bateria explosiva e linhas de baixo groovadas. Com riffs cheios de vida, letras em português e inserções de theremin, as músicas são sutilmente pesadas. É rock para quem gosta de rock, simples assim! E o mais interessante: as influências são notórias, mas não há a menor imitação.

O EP de estreia foi lançado em 2019. São 6 faixas autorais, incluindo as porradas sonoras  Luz de Vênus e Cinema Mudo.

Auri – A hora e a vez da inovação

Atualmente formada por Everton Radaell (voz/guitarra), Thaysa Pizzolato (teclado/sintetizador), Danilo Galdino (guitarra/ vocal), Bernardo John (baixo/vocal) e Bruno Miranda (bateria), a Auri é uma banda que vem de Vitória (ES). Na estrada desde 2014, esse quinteto faz uma inovadora mistura de indie rock com MPB.

Banda Auri coloca o ES no mapa do pop rock brasileiro

Auri faz um som moderno, único e cativante (Foto/Divulgação)

Com um EP e dois singles no currículo, a banda tem como principal característica o bom gosto na hora de fundir de ritmos dançantes com letras reflexivas e contemporâneas. Lançando mão de concepções de arranjo e timbres poucos usados por aí, a Auri faz um som único e adequado para qualquer ocasião. Atualmente o grupo capixaba divulga a faixa Quintal, uma música cuja dinâmica imprevisível prende a atenção do ouvinte do começo ao fim.

Viu que demais os sons acima, amigo leitor (a)? E o nosso papo musical, felizmente, ainda não terminou! A curadoria do Palco MP3 preparou uma playlist especial para você continuar curtindo o Dia Mundial do Rock em grande estilo.

Palco MP3 criou uma playlist para o dia do rock

Clique na imagem e ouça a playlist mais top do rock independente (Divulgação)

Ah, e não se esqueça de compartilhar o link deste post com a imensa galera roqueira que você certamente conhece! Com sua ajuda, vamos mostrar pra todo mundo que o rock nacional está muito bem representado na novíssima música brasileira.