Surgida nos arredores de Brasília, a Tribo da Perferia começou sua caminhada no começo de 1998. Ao longo de mais de 20 anos de estrada, a Tribo se destaca pela inovação e criatividade em suas composições.

Liderado pela dupla Duckjay e Look, o grupo é um dos pioneiros que tem feito a cena brasiliense ser o celeiro mais frutífero do rap brasileiro atual. Apostando em rimas sobre amor, fé, coragem, futuro e sonhos, a Tribo faz um discurso que dialoga com crianças, jovens e adultos.

Tribo tem a manha de dialogar com público de todas as idades, classes sociais e filosofias (Foto/Facebook)

Neste post, vamos celebrar essa carreira tão vitoriosa e exemplar. O trabalho da Tribo da Periferia é um claro exemplo de que é possível ter sucesso fazendo um som honesto, bem apurado e que não é fantoche de ninguém.

Discografia

Sempre caminhando de forma independente, a Tribo já publicou seis álbuns. A estreia em disco rolou com o impactante Verdadeiro Brasileiro, de 2002, que foi seguido pelo disco Tudo Nosso, de 2005.

Tribo da Periferia lançou disco de estreia em 2002

Primeiro disco da Tribo foi lançado há 17 anos (Divulgação)

Seis anos após o lançamento do primeiro trabalho, o grupo passou a padronizar os títulos dos álbuns. Seguindo esse costume, foram lançados os discos 1º Último (2011), 2º Último (2013), 3º Último (2014) e 4º Último (2016). Atualmente o grupo trabalha no projeto 5º Último, lançado em 2018.

Os discos são autorais e, de quando em vez, trazem alguns feats de muita responsa. Entre outros, nomes como BellaDona, 3 Um Só e Son D’play estão entre os que já rimaram com Duckjay e Look.

Abaixo, um dos duetos mais tops da carreira da Tribo:

Hits eternos

Tribo da Periferia é um rolê que veio pra ficar. Com muita luta, perseverança, garra e glória, a dupla vem trilhando uma das carreira mais exemplares da cena independente. É impossível, num só post, listarmos todos os sucessos de Duckjay e Look. Porém, com nossa ousadia, preparamos um Top 5 com alguns dos hits eternos desses caras.

1. Alma de Pipa

Imortalizada no 4º Último, Alma de Pipa teve seu clipe divulgado em março de 2016. A letra é sobre uma mina errante, que tem “coração de marguerita gelada”. Com mais de 11 milhões de plays, essa é a música mais ouvida no Palco MP3 da Tribo.

2. Valores

Lançada no 3º Último,  a faixa Valores é um som que mostra a pegada “romântica vida loka” das rimas da Tribo. A música é sobre o fato de que classes sociais não definem os rumos dos relacionamentos. “O horizonte não é o limite/A vida é pra gente viver/ Da sua mansão até minha kit/ Momentos que cê não vai esquecer”, canta a dupla.

3. Dr. Enfermo

Registrada no 4º Último, Dr. Enfermo é uma das músicas mais densas do longo repertório da Tribo da Periferia. Na letra, os caras mostram que também manjam do lado consciente do rap. “Sem dinheiro, minha mãe me fez homem/Só observo quantos vendem, quantos consomem/Passei por caminhos que sem Jesus não dava”, diz uns versos da canção.

4. Ela Tá Virada

Lá no 2º Último, a Tribo cantou a história de uma dona que “Nunca foi a mesma depois que conheceu a rua/Viu a noite de perto, seus prazeres, suas loucuras”. Ela Tá Virada, “mais uma vez de rolê na quebrada”.

5. Imprevisível

Presença marcante no 5º Último, Imprevisível é uma das canções de temática reflexiva que Duckjay e Look sempre lançam. Ao longo da letra, eles cantam sobre se manter na atividade e nunca jogar os sonhos pro alto. “Já pensou se eu parasse naqueles dias de chuva hein/Que a lama atrapalhava, e o sol insistia em brilhar”, questionam.

Demais o #TBT acima, hein? Em 5 clipes, e um vídeo bônus, nós relembramos e celebramos uma das carreiras mais tops da música brasileira popular. Longa vida à Tribo da Periferia! Ah, não se esqueça de compartilhar o link deste post aí nas suas redes sociais. Juntos, somos mais fortes na função de preservar e fortalecer o legado de um artista tão importante 😉