Com mais de 100 anos de história, e com raízes africanas e brasileiras, o samba é um de nossos ícones culturais ao redor do mundo. ? Pensando nessa importância infinita, nós listamos aqui 5 artistas que “não ‘deixam’ o samba morrer”! ?

 1. Katinguelê

Fruto da ótima safra do pagode romântico dos anos 90, o Katinguelê soube como resistir ao teste do tempo. ?️ Sobreviver em um mercado ingrato, não é para amadores! ?

Katinguelê é símbolo de resistência (Foto/Divulgação)

Após algumas mudanças na formação e redirecionamentos sonoros, o grupo mergulhou mais na pegada sambada e se mantém como peça fundamental para animar qualquer roda de samba! ?

2. Clécia Queiroz

Essa baiana arretada mantém viva a chama do samba de roda, a modalidade mais tradicional do samba. ? Flertando bastante com a essência do estilo, a música de Clécia Queiroz é estritamente ligado ao culto aos orixás e caboclos, à capoeira e à comida de azeite. ? É música que procura se embrenhar na cultura local, revisita o berço, mas busca estar antenada com a modernidade. ?

3. Péricles

Que o simpático Pericão é um personagem histórico do samba de São Paulo, ninguém duvida! ?️ Voando solo desde 2012, após mais de duas décadas comando o ExaltasambaPéricles tem feito um samba que flerta com novas tendências musicais.

Com bastante modernidade, mas sem esquecer suas raízes, o cara tem feito história com o disco Deserto da Ilusão. ?

3. Zé da Guiomar

Na estrada desde o ano 2000, o grupo Zé da Guiomar é um dos principais responsáveis pelo fortalecimento e renovação do samba em Minas Gerais. ?

Zé da Guiomar é guardião da beleza do samba de MG (Foto/Divulgação)

Ao longo de quase 18 anos de carreira, os mineiros  já lançaram os discos Zé da Guiomar (2005), O samba Tá (2008), Samba Feiticeiro (2012) e Carta Na Manga (2017). ? Em todos os trabalhos de sua carreira, os caras apresentam a simplicidade das ideias diferentes.

5. Thiago Valente

Filho do compositor de sambas enredo Marcos Shamilian, Thiago Valente cresceu nas quadras das escolas de samba Unidos do Peruche e Império de Casa Verde. ? O cara é um autêntico bamba! O samba do Thiago resgata elementos do partido alto, blocos carnavalescos e samba das antigas.

“Quem não gosta do samba, bom sujeito não é” (Foto/Internet)

Movimentos artísticos vêm e vão, mas o samba continua como um dos pilares mais fortes da cultura nacional. ?? Se você quer ouvir mais talentos desse estilo de música, que é um dos mais importantes do mundo, se ligue nas playlists que preparamos pra você! ▶️ Tem músicas para quem tem sambá no pé, curte uma roda de samba ou quer se jogar no samba romântico. ?