Formado por Jaime Telles (voz) e Kim Zanoni (voz/guitarra), o duo ALTER EGO [assim mesmo, em caixa alta] saiu do campo das ideias, lá em Balneário Camboriú (SC),  no ano de 2017. O propósito, segundo eles, rolou com “resolveram assumir suas verdadeiras personalidades, se jogar de cabeça em uma nova carreira, e fazer música de verdade para pessoas de verdade”.

Os membros da dupla ALTER EGO posam em frente a um carro laranja

ALTER EGO não acredita em limitações sonoras (Foto/Divulgação)

Esse tipo de empreitada parece “audaciosa demais” aos seus olhos e ouvidos, amigo leitor? Ok, pode até ser. Mas uma coisa é inegável: Jaime e Kim cumprem bem a função de quebrar barreiras artísticas e, consequentemente, conseguem realmente fazer com a música chegue nos players das “pessoas de verdade”. Pra começar, eles se dão ao direito de soar como pop, rock, hip hop e o que mais for referência positiva.

“Somos o que queremos, porque é assim que tem que ser”, confessam.

Nesta era tão cheia de poréns e manuais, artistas desprendidos de rótulos são mais que bem-vindos. E essa certeza de que chegou pra revolucionar a cena ganhou vida com o lançamento do EP homônimo, ainda em 2017. Com cinco faixas autorais, a obra é um apanhado de canções reflexivas, conscientes e que dizem a verdade que muita gente insiste em não saber.

Capa do homônimo EP de estreia da dupla ALTER EGO

EP de estreia da dupla ALTER EGO reúne cinco faixas grandiosas (Imagem/Divulgação)

Uma das faixas mais poderosas desse é o rock moderno Hipocrisia (Eu quero uma pra viver). Confie em mim: você não será o mesmo depois de observar e densidade da crítica presente nessa letra.

A dupla também procura explorar os dois lados do ALTER EGO, como nos singles Lado B. A proposta é reinventar suas próprias músicas, mas em versões inusitadas. Essa capacidade de reinvenção pode ser conferida nas faixas Notas Sobre Ela e O Quadro, ambas originalmente lançadas no EP de estreia.

No ano de 2018, o duo colheu ótimos frutos com o single Hora do Show. Se fosse um samba, essa música seria classificada como “samba-exaltação”. Porém, o papo reto dos caras tem ecos de nu metal e apresenta algumas das qualidades musicais deles. Ainda naquele ano, foram finalistas do festival Midas Rock Fest, uma espécie de concurso criado pelo estúdio de um dos maiores nomes da indústria musical nacional, o produtor Rick Bonadio.

ALTER EGO 2019

E não é que a ALTER EGO não cansa de surpreender? Em 2019, além de deixar claro que veio pra ficar, a dupla mostrou mais uma de suas faces artísticas. O single da vez é Se Me Quer, Assume, uma canção sobre relacionamentos fúteis, abusivos e que apenas sugam a energia do componente que não é gigolô emocional na situação.

Por fim, mas não menos importante: apostando em músicas menos solares e mais engajadas, a dupla ALTER EGO caminha numa direção diferente do que vemos e ouvimos no atual cenário do pop rock nacional. Além do mais, Kim e Jaime optam por uma produção que em nada peca pelo exagero, isto é, a produção musical deles é milimetricamente arquitetada.

Os artistas que agitam a novíssima música brasileira são aqueles que sabem ser inovadores, empreendedores e ousados. E essas são apenas algumas das qualidades observadas no trabalho desse duo tão talentoso. Se você está cansado de ouvir artistas que soam como mais do mesmo, saiba que o Palco MP3 da ALTER EGO é o melhor lugar para os seus ouvidos.