Divulgar carreira musical sem a força das redes sociais “é improvável, é impossível”, como dizem os caras do Skank. No século XXI, até mesmo os artistas veteranos e consagrados são atuantes no Facebook, no Instagram, no Twitter, etc e tal.

Redes sociais, o admirável mundo novo (Imagem/Reprodução)

O ideal é ter um profissional devidamente qualificado para cuidar de suas redes sociais. Sendo assim, evite deixar essa  função importantíssima nas mãos daquele seu amigo que apesar de não manjar nada do rolê, quer dar uma força. Mas como a grana quase sempre é curta, você pode profissionalizar o seu setor de social media com a ajuda da programas disponíveis na internet.

Para ter bos resultados nas redes, o profissionalismo é fundamental. Lembre-se que  Como a gente aqui do Palco MP3 quer ver sua carreira voando cada vez mais alto, listamos 3 superdicas para injetar doses de profissionalização nas veias de seu departamento de redes sociais.

1. Cuidado com o que diz

Por mais que muitos digam que a “internet é terra sem lei”, as coisas não são bem assim. Quantas vezes, por exemplo, você já ouviu falar que “um post polêmico que o artista ‘fulano de tal’ postou há X anos quebrou a internet”? Várias vezes, né? Inclusive, muita gente até perde contratos por causa da divulgação de conteúdos inconvenientes.

Esse cara não pode existir nas suas redes sociais (Reprodução)

No começo de carreira, o seu comportamento nas redes sociais sempre será analisado por contratantes, produtores, divulgadores, radialistas e demais profissionais do cenário. Você pode até achar que esses caras “não são tão detetives assim”, mas esteja certo de que ninguém quer investir em um artista que tenha atitudes inconsequentes. Depois que sua carreira decolar, a curiosidade vai incentivar uma “operação pente fino” nas duas redes sociais. Caso um “post vacilão” seja encontrado, esteja certo de que as coisas não ficarão legais para a sua carreira.

De um jeito ou de outro, a galera sempre vai “saber o que você fez no post passado”. Por isso, fique bastante ligado no título deste item de número 1!

2. Tenha boas imagens

A imagem postada é o seu cartão de visitas. Por isso, evite ao máximo publicar material de terceiros e/ou conteúdos que tenham pouca relação com seu trabalho. Lembre-se que o objetivo é divulgar tudo relacionado à carreira, incluindo clipes, shows e lançamentos.

Banda PAD mandou bem na divulgação de um videoclipe (Divulgação/Facebook)

As imagens de divulgação mais eficientes são frutos da criatividade, das boas referências e de todo um repertório cultural. Além disso, tem a questão operacional da coisa, que é conduzida por meio de softwares. Uma ferramenta online excelente para criação de peças gráficas é o “Canva”. Trata-se de um programa cheio de recursos gratuitos, intuitivo e de fácil manuseio. Com bastante boa vontade e alguns treinos, você consegue ótimos resultados.

Imagem meramente ilustrativa feita no programa “Canva” (Divulgação)

Se precisar de outras ferramentas para dar um trato nas suas imagens de divulgação, você pode usar o editor “Pixlr” e o “Fotor”. Não se esqueça de garimpar tutoriais no YouTube e nos sites e blogs especializados no assunto.

3. Seja o mais humano possível

Para que a galera saiba que suas redes sociais não são coordenadas por um robô, você pode adotar alguns posicionamentos bem simples. O primeiro deles é a periodicidade. Como diz o ditado popular, “quem não é visto, não é lembrado”. Por isso, evite longos espaços de tempo entre um post e outro. E para turbinar ainda mais o conteúdo, não faça postagens repetitivas ou que possam incentivar discórdias. Lembre-se que a música une o que o resto do mundo insiste em separar.

Esteja pronto para interagir com a galera (Foto/Pexels)

Poucas coisas são piores do que “falar às paredes”, não é mesmo? Por isso, experimente humanizar suas redes sociais por meio de interações. Se você fica feliz quando rola uma interação com alguém que você admira, o cara que incentiva seu trabalho também se sentirá importante ao perceber que não está em um monólogo digital. Agradeça por cada mínima manifestação de apoio, promova lives, enquetes, responda comentários e mostre que está lado a lado com quem consome sua música.

P.S.:

Já que o papo aqui envolve assuntos de carreira, nós temos algo mais para te ajudar! Confira os links abaixo e não se arrependerá!